Notícias

04/04/2014

Volume dos reservatórios ainda preocupa

rosario

Apesar das chuvas dos últimos dias, muitos açudes e barragens do interior do Ceará permanecem com níveis preocupantes de tão baixos. Levantamento da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) indica 105 reservatórios com menos de 30% da capacidade. Quatro desses estão completamente secos: os açudes de Desterro e São Domingos, em Caridade; de Forquilha II, em Tauá; e de Sucesso, em Tamboril.

Somente dois reservatórios sangraram este ano: o açude Tijuquinha, em Baturité, e a Barragem do Batalhão, em Crateús. Por serem pequenos, têm pouca expressão para o sistema hidrológico do Estado. Outros dois açudes – o Curral Velho, em Morada Nova, e o Gavião, em Pacatuba – estão com nível acima de 90%. Contudo, ao contrário do Tijuquinha e da Barragem do Batalhão, estão assim não por conta das chuvas. Segundo o assessor técnico da Presidência da Cogerh, Yuri Castro de Oliveira, ambos são interligados a outros reservatórios e acabam recebendo água deles.

O Ceará está hoje com 30,9% da sua capacidade hídrica. Eram 31% em janeiro. Segundo Yuri, houve aporte hídrico no período, mas apenas o suficiente para compensar a evaporação e o consumo. A expectativa é que haja aporte no mês de abril, ainda que com chuvas abaixo da média, para elevar o nível dos açudes.

Em algumas sedes municipais, fizemos adutoras emergenciais para evitar o colapso. Mas também implementamos algum tipo de racionamento. Pra elas, ofertamos 20% menos água e a operadora do sistema decide qual manobra fará. Se a cidade ficará um ou dois dias sem água. É o caso de Tauá, Canindé, Crateús e Caridade. No caso de Fortaleza, não tem nenhuma restrição porque Fortaleza é ligada ao Castanhão”, acrescenta. (Bruno de Castro)

 FONTE: JORNAL O POVO – 04.04.2014

Segundo dados da COGERH, na bacia do Salgado, 05 açudes já ultrapassaram os 50 % de seu volume, são eles: Cachoeira em Aurora, Lima Campos em Icó, Olho D’água em Várzea Alegre, Rosário em Lavras da Mangabeira e Ubaldinho em Cedro. Com destaque para o açude Rosário, que chegou a preocupar os seus usuários ao atingir 12% de sua capacidade no mês de fevereiro e hoje já acumula 51,62%, o que dá uma boa garantia até o ano de 2015. Um reservatório que ainda preocupa os seus usuários é o açude São Domingos, em Caririaçu, que teu uso restrito para o abastecimento humano da sede municipal e acumula apenas 12,27% de sua capacidade, o que abasteceria a cidade somente por mais alguns meses.

Deixe seu comentário

veja mais notícias

Enquetes

Qual o principal problema dos recursos hídricos em nossa bacia?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Conheça

Banners

  • RESOLUCOES
  • OUTORGA
  • AÇUDE
  • chuva
  • RADAR
  • inpe